Please enable JavaScript to view the page content.
Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Notícia

15/03/2017-09h50

Udesc Oeste desenvolve projeto que incentiva a doação de órgãos e tecidos humanos

 
O Centro de Educação Superior do Oeste (CEO), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), em Chapecó, desenvolve um projeto de extensão que incentiva  a doação de órgãos e tecidos humanos pela comunidade. A iniciativa surgiu em 2011, sofreu uma pausa em 2012, foi reiniciada em agosto de 2016 e retomada em março de 2017.

O projeto procura também disseminar  informações sobre as doações  por meio da mídia e sensibilizar trabalhadores de empresas de Chapecó sobre a doação e transplante de órgãos e tecidos.

O projeto está vinculado ao Departamento de Enfermagem da Udesc Oeste, é coordenado pela  professora Olvani Martins da Silva, e tem a colaboração das docentes  Rosana Ascari e Sandra Mara Marin e de seis acadêmicos do curso de Enfermagem.

As atividades da última edição do projeto, que finalizaram em fevereiro deste ano, foram direcionadas aos profissionais técnicos da área da saúde – técnicos em enfermagem, em radiologia e instrumentação cirúrgica.

Informações errôneas

“Procuramos focar esses profissionais por entender que essa temática é pouco abordada no currículo técnico-profissionalizante e que os futuros profissionais devem ser instrumentalizados e conhecedores dos aspectos que emergem da doação e do transplante”, diz a docente Olvani.

Na penúltima edição do projeto também foram realizadas oficinas em escolas públicas e empresas com a finalidade de desmistificar informações errôneas sobre doações de órgãos e tecidos, enfatizar os critérios de morte encefálica, alertar sobre quais órgãos devem ser doados e conscientizar sobre o valor de ser um doador.

Segundo a professora Olvani, muitas pessoas têm medo da doação de órgãos. Ela ressalta que  “somente a família autoriza a doação e quais órgãos podem ser retirados”.

Em SC há uma Central de Notificação, Capacitação e Distribuição de Órgãos e Tecidos (Cncdo), que lembra que a  doação  não é feita somente com a morte encefálica.  Existem órgãos que podem ser doados em vida, como é o caso dos rins, medula óssea e partes do fígado

Pesquisa

Juntamente com as ações de extensão, a Udesc Oeste começou a desenvolver um macroprojeto de pesquisa sobre cultura de segurança do paciente na doação e transplante de órgãos e tecidos em SC que será aplicada em hospitais de Chapecó, Joinville, Florianópolis, Lages e Criciúma em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

O primeiro estudo foi iniciado em agosto de 2016 com a finalidade de avaliar a cultura de segurança do paciente no transplante renal no Oeste de Santa Catarina. Essa pesquisa foi conduzida por meio do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) pelas acadêmicas Débora Fernanda Pôncio e Neriane Piana Pavan, que utilizaram o instrumento Safety Attitudes Questionaire- SAQ-  (Questionário de Atitudes de Segurança).

A avaliação das atitudes de cultura de segurança nesse estudo foi percebida como positiva em apenas dois domínios do instrumento utilizado para sua avaliação, “satisfação do trabalho” e “percepção do estresse”. Os demais domínios  necessitam de intervenção no sentido de estimular os profissionais a se envolverem e desenvolverem as atitudes de segurança.

A segunda etapa da pesquisa no Oeste é um estudo qualitativo que está sendo desenvolvido pelas acadêmicas Alessandra Schonberger e Danielle Vizzotto. Elas investigam como a cultura de segurança do  paciente no processo de doação e transplante de órgãos é percebida pelos profissionais de saúde, e as estratégias adotadas visando a garantir o cuidado seguro e qualificado.

Em Florianópolis, a pesquisa está sendo conduzida e coordenada pela professora Aline Lima Pestana Magalhães do Departamento de Enfermagem da UFSC, parceira da pesquisa e que em conjunto com Olvani desenvolveram o projeto.

Ainda neste pólo, integram a equipe as  professoras Neide da Silva Knihs e  Gabriela Macellino de Melo Lanzoni. Atualmente, a aluna Amanda Santos Cabral está desenvolvendo a parte quantitativa da pesquisa no Hospital Regional de São José.

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-8006/8010
galeria de downloads
galeria de imagens
notícias relacionadas
 
ENDEREÇO
Av. Madre Benvenuta, 2007
Itacorubi, Florianópolis / SC
CEP: 88.035-901
CONTATO
Telefone: (48) 3664-8000
E-mail: comunicacao@udesc.br
          ©2016-UDESC