Please enable JavaScript to view the page content.
Logo da Universidade do Estado de Santa Catarina

Notícia

18/05/2017-11h12

Pesquisadores da Udesc Joinville criam software para auxiliar pacientes do Naipe

 
Da esquerda para a direita: mestrando Andrei Carniel, professora orientadora Carla Berkenbrock, Enzo, sua mãe Jane Jakeline e coorientadora do projeto Aliciene Machado - Fotos: Laura Bona Moll
Um software desenvolvido no Centro de Ciências Tecnológicas (CCT), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Joinville, está sendo utilizado no Núcleo de Assistência Integral ao Paciente Especial (Naipe).

O programa é resultado do projeto “O Uso da Comunicação Aumentativa e Alternativa para Apoiar o Diálogo de Pessoas com Deficiência Intelectual por meio de um Sistema Colaborativo Móvel”. O autor é o mestrando em Computação Aplicada Andrei Carniel, sob a orientação da professora Carla Diacui Medeiros Berkenbrock e coorientação da professora Aliciene Cordeiro Fusca Machado. 

“O software consiste em um organizador e agrupador de imagens, com um sintetizador de voz. Todas as imagens utilizadas para comunicar podem ser editadas e definidas em uma ordem, e o sintetizador reproduz a legenda da imagem”, explica o acadêmico.

O programa está sendo testado pelo paciente Enzo Zaquini, de 10 anos, cuja fala é ininteligível em decorrência de encefalopatia crônica não evolutiva. Após poucas semanas de uso, Enzo já demonstra intimidade com o software. O programa foi todo personalizado para o menino, com o objetivo de auxiliá-lo a se comunicar.

Com o acompanhamento e avaliação da psicóloga Juliane Cristine Koerber Reis, o apoio da fonoaudióloga Tatiane Dominoni Rodrigues e da terapeuta ocupacional Luciana Hang Correia, o acadêmico planejou e criou os protótipos de tela para o tablet. “Durante uma série de interações, fomos colocando conjuntos pequenos de figuras, até que ele conseguisse memorizar todas as que estavam lá, para utilizá-las no seu dia a dia. Já podemos dizer que conseguimos gerar comunicação. A ferramenta ajuda na fala e no aprendizado”, afirma Andrei.

Jane Jakeline Klitzke, mãe de Enzo, está satisfeita com os resultados obtidos. “Como a questão da fala é muito importante para a socialização e para se fazer entender, para ele foi um achado, uma benção. Tem sido muito útil, ele está feliz, ele percebeu que consegue formar uma frase dizendo o que ele está sentindo e o que ele quer, e o outro compreende.”

Segundo a orientadora, Carla Berkenbrock, a intenção é desenvolver um projeto de extensão na universidade, para dar continuidade ao projeto e poder atender a mais pacientes do Naipe.

“Há vários pacientes que, além de deficiência intelectual, não são capazes de se comunicar, e isso gera consequências que atrapalham a socialização deles. Se a gente conseguir fornecer esse canal de comunicação, já ameniza outras questões, que eles conseguem  trabalhar na parte terapêutica. É um processo multidisciplinar, que exige contato direto com os pacientes”, explica a professora.

Assessoria de Comunicação da Udesc Joinville
Jornalista Isabela Vargas
E-mail: comunicacao.cct@udesc.br
Telefone: (47) 3481-7930
galeria de downloads
galeria de imagens
notícias relacionadas
 
ENDEREÇO
Av. Madre Benvenuta, 2007
Itacorubi, Florianópolis / SC
CEP: 88.035-901
CONTATO
Telefone: (48) 3664-8000
E-mail: comunicacao@udesc.br
Horário de atendimento: 13h às 19h
          ©2016-UDESC